Como saber se tem alguém usando o Wi-Fi indevidamente?

Em tempos de conexões cada vez mais rápidas, ter o Wi-Fi de casa apresentando lentidão é de causar estranheza a qualquer pessoa. Smartphones, smart TVs, computadores, tablets, todos conectados ao mesmo tempo utilizando a banda larga pode ser o problema?

Nem sempre! As vezes alguém está usando o Wi-Fi de forma indevida. E como descobrir se isso está acontecendo? A seguir vamos mostrar alguns passos para identificar possíveis intrusos e como resolver a situação.

1° Passo – Identificar todos os seus dispositivos

Cada dispositivo conectado a internet tem uma identificação exclusiva, o famoso endereço MAC. Para descobrir esse endereço é preciso acessar as configurações de cada aparelho. Veja como fazer esse processo:

  • Windows: Abra as configurações de “Rede e Internet”do seu computador, em seguida clique em “Exibir as propriedades da rede”. Lembrando que no caso do Windows existem dois endereços MAC. Um para redes cabeadas e outro para o Wi-Fi.
  • Android: Acesse as configurações do telefone e clique em “Sobre o telefone”. Algumas marcas já apresentam logo em seguida a opção “Endereço MAC do Wi-Fi”, em outras é preciso acessar a opção “Status”
  • iOS: Acesse “Ajustes” e depois entre em “Geral”. Em seguida clique na opção “Sobre”. Encontre “Wi-Fi”.
2° Passo – Acessar o roteador da sua internet

Com todos os endereços MAC identificados é hora de acessar o roteador. Para ter acesso a página de configuração precisamos do endereço de acesso, nome de usuário e senha. O endereço você descobre da seguinte forma:

  • Pressione o atalho “Win+R”e, na tela que aparecer, digite “cmd”. Agora, na linha de comando, digite “ipconfig” e procure pela linha “Gateway Padrão”. Normalmente o IP indicado nessa linha é aquele que dá acesso às configurações do roteador.

Wi-Fi gateway padrão

De posse desse número, acesse o navegador de sua preferência e digite na barra de endereços. O nome de usuário e senha varia de fabricante e operadora. Em cada fabricante e modelo a lista de dispositivos conectados é encontrada em um lugar diferente.

Porém, as empresas seguem um padrão de nomenclatura. Dessa forma, para encontrar a relação de aparelhos reconhecidos na rede, procure por opções como “Device List”“Attached Devices” ou “My Network”.

Compare os dispositivos presentes na relação com os equipamentos que você possui em casa. Ao final, caso tenha algum item na lista diferente, pode ser quem está roubando seu sinal.

3° Passo – Restringir o acesso

Depois de identificado o possível invasor, devemos tomar algumas medidas para solucionar o problema:

  • Alterar o nome da rede;
  • Alterar a senha de acesso;
  • Habilitar a criptografia WPA2 para garantir proteção extra;
  • Habilitar o controle de acesso de mídia ou filtragem MAC – o recurso permite que você crie uma lista de permissão;

Lembrando que por mais que seja difícil ficar memorizando devemos utilizar senhas difíceis de serem quebradas. Devemos sempre combinar a utilização de letras, números e caracteres especiais.

Rodrigo Madalena

Entusiasta da tecnologia. Há mais de 15 anos aprendendo um pouco mais a cada dia.

Inscrever-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários